sábado, 10 de março de 2012

Paraíba tem mais celulares do que habitantes

Hoje, 10 de março, é comemorado o Dia do Telefone e a Paraíba possui mais de 4,3 milhões de linhas telefônicas, número 14% maior que a população do Estado, que possui 3,766 milhões de habitantes.
celulares
Imagem ilustrativa
De acordo com os dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Paraíba é o 5º Estado com o maior número de linhas habilitadas no Nordeste (4,303,022).
O invento do século XIX, do grandioso Alexander Graham Bell, não trouxe só inúmeras possibilidades à humanidade, como também o recorde em número de reclamações para os serviços de telefonia, que chegaram a 1.039 casos em João Pessoa em 2011.
“Seria uma mudança radical se eu não pudesse mais enviar mensagens, interagir com meus amigos, acessar a internet e, principalmente, me comunicar através do aparelho celular”, foi o que revelou a técnica em enfermagem, Suênia Patrício, 35 anos. Para ela, que vive viajando a trabalho, da capital para Bonito de Santa Fé, no extremo oeste da Paraíba, o celular é uma das principais formas de se manter conectada com família, amigos e às informações do mundo.
“Hoje o celular não proporciona apenas a comunicação pela voz com quem queremos conversar, agora ele pode substituir o relógio, um aparelho de som, uma TV, despertador, calculadora, é rádio, dispositivo de memória, arquivando dados, e pode servir até como computador, tendo acesso à internet e às redes sociais”, comemorou Suênia Patrício por usufruir das múltiplas possibilidades que seu telefone móvel possui. “Além disso, podemos incluir no aparelho aplicativos que podem te ajudar no dia a dia”, reforçou.
Segundo os números do último censo do IBGE, 800 mil domicílios da Paraíba possuíam telefone em 2010. Destes, 606 mil eram celulares e 20 mil telefones fixos. Ao todo, mais de 2,9 milhões de pessoas são usuárias de telefonia na Paraíba, sendo mais de 2,2 milhões só de portadores de celular e 54 mil portadores de telefone fixo.
Ranking da Anatel – janeiro de 2010 - nº linhas habilitadas NE

BAHIA 16.044.620

PERNAMBUCO 11.045.952
CEARÁ 9.451.742
MARANHÃO 5.350.087
PARAÍBA 4.303.022
RIO GRANDE DO NORTE 4.098.350
ALAGOAS 3.516.006
PIAUÍ 3.392.132
SERGIPE 2.510.320

Reclamações / empresas de telefonia / Procon-JP

JAN/2012
Empresa      Qtd. de Reclamações (%)
OI                90 60,81
TIM             20 13,51
CLARO       28 18,92
VIVO          10 6,76
Como os paraibanos usam o celular:
Rita de Cássia da Silva, 32 anos, Artesã. “Prefiro utilizar apenas um celular. A maioria das pessoas que conheço utiliza a mesma operadora que eu. Além disso, dou mais valor à praticidade e agilidade no uso do aparelho. As pessoas se confundem com mais de um telefone, não sabem que agenda consultar um número e ficam doentes com as chamadas ao mesmo tempo em ambos”, afirmou.
Socorro Severiano, 40 anos, vendedora. “Tenho dois telefones e uso quatro chips. Sou cliente de duas operadoras há 8 anos e decidi ter tantas linhas porque uma serve para falar com pessoas de João Pessoa e as outras com quem está em cidades distantes ou outros Estados”, comentou. Ela acrescentou que não consegue se imaginar sem usar o celular. “Vivceria perdendo a hora e seria muito difícil ficar o dia sem poder falar com meu marido”, explicou.
José Rodrigues do Rêgo, 65, taxista. “Trabalho há 30 anos utilizando o celular como ferramenta indispensável para a minha profissão. Por dia, chego a receber 15 ligações em dois telefones. Conservo as duas linhas há 12 anos e meu trabalho seria complicadíssimo se eu não recebesse chamadas dos clientes”, destacou.

Jornal Correio da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário